j

Lorem ipsum dolor amet, consect adipiscing elit, diam nonummy.

Follow Us

Search

Tempo da Delicadeza

By the sea é um dos filmes mais aguardados da temporada

By the Sea - Tempo da Delicadeza

“By the Sea” ( À Beira Mar) é um dos filmes mais aguardados dessa temporada. O drama dirigido por Angelina Jolie e protagonizado por ela e Brad Pitt promete ser um fortíssimo candidato ao Oscar de 2016.
Vanessa (Angelina Jolie), uma ex-bailarina e Roland (Brad Pitt), um escritor, chegam em um resort à beira-mar na França, mas não conseguem fugir da realidade de um casamento totalmente em crise.
No convívio com os companheiros de viagem e moradores da aldeia, o casal depara-se com questões não resolvidas, relativas ao casamento e à vida pessoal de cada um.
O filme teve como inspiração o poema de Emily Dickinson, “By the Sea”.
Apenas trancrevi o poema, porque considero uma arte muito delicada, a de fazer traduções poéticas e acredito, que o meu tradutor, não daria conta do recado. Mesmo assim, gostaria de compartilhá-lo com vocês:

By the Sea

I started early, took my dog,
And visited the sea;
The mermaids in the basement
Came out to look at me,

And frigates in the upper floor
Extended hempen hands,
Presuming me to be a mouse
Aground, upon the sands.

“But no man moved me till the tide
Went past my simple shoe,
And past my apron and my belt,
And past my bodice too,

And made as he would eat me up
As wholly as a dew ”
Upon a dandelion’s sleeve —
And then I started too.

And he — he followed close behind;
I felt his silver heel
Upon my ankle, — then my shoes
Would overflow with pearl.

Until we met the solid town,
No man he seemed to know;
And bowing with a mighty look
At me, the sea withdrew.

"By the Sea"

 

By the Sea

 
By the Sea

By the Sea - Tempo da Delicadeza

By the Sea

Data de lançamento no Brasil: o3/12/2015
Direção: Angelina Jolie
Música composta por: Gabriel Yared
Fotografia: Christian Berger
Elenco: Angelina Jolie, Brad Pitt
Gêneros: Romance, Drama

 

Comentários

  • 4 de novembro de 2015
    reply

    Pela sinopse o filme, com certeza, será muito bom. Adoro drama e o poema de Emily Dickinson já dá sinais da sensibilidade do tema. À espera!
    Beijos!
    http://www.brasildobem.net

  • 23 de setembro de 2016
    reply
    joao villela

    E,, parece que a arte copia a vida, hoje (set-2016) eles estao separados, infelizmente…

Deixe um comentário

Captcha loading...

Assine nossa Newsletter, gratuitamente